Programação Paralela

MÚSICA

Maestro Luizão e O.C.O.P.

(Orquestra de Câmara do Oeste Paulista)
A O.C.O.P está em atividade desde 2010 e, hoje, é o grupo “SHOW” do Projeto Camerata de Presidente Prudente. É formada por um número reduzido de músicos, que pode ser ampliado conforme a necessidade e a característica do evento para o qual a Orquestra for requisitada.
Possui repertório vasto que abrange desde os clássicos mais “populares” até a verdadeira “música raiz”, arranjados especialmente para o grupo.
Está sob a regência do maestro Luizão, que também é o solista do grupo.
O Maestro Luizão, recentemente apelidado de “André Rieu Brasileiro” (por fazer um trabalho que se assemelha ao do maestro holandês), encanta o público ao tirar o som de seu maravilhoso violino, ao mesmo tempo em que comanda a Orquestra.
O show está percorrendo diversas cidades do oeste do estado e promete agradar até mesmo aqueles que não são amantes da Arte Musical Orquestrada.
10, sexta, às 19h30, no Saguão de Entrada do Teatro Paulo Roberto Lisbôa

Cartola e a Velha Guarda do Samba, com Adriana Cavalcanti | Programa GiraArte

Cartola é considerado por diversos músicos e críticos como o maior sambista da história da música brasileira. O show é uma viagem ao universo ritmado, melódico e contagiante das obras desse grande compositor, poeta e violonista do morro.
11, sábado, às 22h30, no Boulevard “Os Sombras e os Temperamentais” – Centro Cultural Matarazzo

DANÇA

LED, com a Cia Mudança | Programa GiraArte

O espetáculo investiga as possibilidades da ocupação corporal no espaço através do movimento, trazendo para a cena o corpo da era digital, imerso na era tecnológica.
16, quinta, às 21h, na Sala de Convivência do Centro Cultural Matarazzo

PERFORMANCE

Da Organização a comunicação do corpo contemporâneo Trabalho resultante da Oficina realizada pelo orientador Emerson Euzébio que visa despertar para o movimento mais autônomo e interligado com seus espaços (interno e externo), seguindo para a comunicação corporal através de técnicas e do pensamento de dança contemporânea.
17, sexta, às 14h, na sala de Convivência – Centro Cultural Matarazzo

CINEMA

Dogville

Alemanha, 2003, 178 min, 16 anos, Direção: Lars Von Trier
Anos 30, Dogville é um lugarejo nas Montanhas Rochosas e Grace, uma bela desconhecida, aparece no lugar ao tentar fugir de gângsteres. Com o apoio de Tom Edison, o auto-designado porta-voz da pequena comunidade, Grace é escondida pela cidade e, em troca, trabalhará para eles. Grace descobre de modo duro que nessa cidade a bondade é algo bem relativo, pois Dogville começa a mostrar seus dentes. No entanto, Grace carrega um segredo, que pode ser muito perigoso para a cidade.
16, quinta, às 19h30, na Sala de Cinema Condessa Filomena Matarazzo – Centro Cultural Matarazzo

Bonitinha, mas Ordinária, de Nelson Rodrigues

Brasil, 2013, 90 min, 16 anos, Direção: Moacyr Góes
Uma história apimentada e mais moderna do que nunca sobre um industrial que oferece dinheiro a um de seus empregados para que ele se case com sua filha de 17 anos, vítima de uma curra. O rapaz, indeciso entre o enriquecimento fácil e a fidelidade aos seus sentimentos por uma jovem de sua classe social, a qual será envolvida pelo mundo inescrupuloso dos ricaços, desmascara a ingenuidade da menina oferecida.
17, sexta, às 19h30, na Sala de Cinema Condessa Filomena Matarazzo – Centro Cultural Matarazzo

O Último Ato

EUA, 2015, 112 min, 14 anos, Direção: Barry Levinson
Simon Axler é um famoso ator de teatro que fica depressivo e passa a ter tendências suicidas quando, inexplicavelmente, perde seu talento. Durante a tentativa de recuperar seu dom, ele tem um caso com uma jovem lésbica que tem a metade da idade dele, e que mais tarde descobre ser a filha de seu amigo. Rapidamente, a relação gera conflitos e pessoas ligadas ao casal reaparecem em suas vidas
19, domingo, às 16h, na Sala de Cinema Condessa Filomena Matarazzo | Centro Cultural Matarazzo